Livros

Reli Crepúsculo após mais de 10 anos

Crepúsculo da autora Stephenie Meyer foi um dos maiores lançamentos literários de 2005, com uma capa icônica lançou uma onda de adolescentes de cabeça no mundo literário, seguido pelos filmes com Kristen Stewart e Robert Pattinson interpretando Bela e Edward aumentou ainda mais sua popularidade.

Muitos não dão valor ao fenômeno que foi Crepúsculo independentemente da história contada ou das polêmicas e rumores envolta da autora, Crepúsculo foi a razão para que muitos adolescentes da época adquirisse o hábito da leitura, da noção de comunidade construindo uma das maiores comunidades literárias conhecidas, muito que são hoje blogueiros literários que fazem dos livros o seu ganha pão dizem que o livro que lhes deu esse impulso foi Crepúsculo, assim como diversos Autores alguns não tão conhecidos e outros que se tornaram mundialmente famosos tiraram sua inspiração de Crepúsculo que foi um pontapé para tantos profissionais hoje. Uma das maiores histórias conhecidas atualmente derivadas da saga é 50 tons de Cinza que começou como uma fanfic que também teve um impulso derivado da saga, ao buscar na memória lembro de diversos grupos sobre Crepúsculo, fóruns e sala de conversa sobre o universo da saga e de lá surgiram muitas histórias que hoje são livros, Crepúsculo foi um grande incentivo a criatividade, e ao mundo literário.

Falando agora da sensação de reler o livro depois de mais de 10 anos, recordo que tinha um pouco de receio de ler novamente pois li a saga quando adolescente por volta dos 13, 14 anos com uma mente impressionável e nenhuma opinião/informação/conhecimento realmente formada sobre relacionamentos, toxicidade dentro deles, distorção (gaslight), e/ou religião/cultos e suas influências coisas que aprendemos depois e sabemos que existe dentro da saga escrita por Stephenie Meyer, por tanto não queria estragar a memória boa da adolescência com relação aos livros, a sensação de euforia e a curiosidade sobre todo esse novo mundo, o amor que sentia pelos livros foi uma parte muita gostosa de minha adolescência. Mas decidi voltar para essa leitura de mente aberta sabendo inteiramente que na história tem influência religiosa, relacionamentos problemáticos e que eu na idade em que me encontro não sou mais o público alvo da Saga, mesmo assim foi bom reler e matar a saudade dos personagens, da escrita, da textura das páginas, relevei as cenas e diálogos que não considero adequadas, fiz a leitura completa e cheguei a conclusão que um adolescente lendo Crepúsculo não vai sofrer influência de tudo que lá está escrito, o livro não lhe força a nada e que esses pontos problemáticos nós identificamos já na vida adulta sem perturbar o prazer da leitura enquanto jovens adolescentes.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s